Solenidade de Posse da Diretoria 2011/2012

O mais recente e terceiro presidente da Associg, Paulo Cesar Beltrão, tomou posse na noite de 14 de janeiro, na Amog. O atual vice é Paulo Henrique da Silva. Depois da gestão de Érika de Souza Oliveira Silva e dos quatro anos de mandato de José Donizete Pires, a Associação dos Calçadista de Guaxupé já contabiliza saldos de conquistas. Na opinião da ex-presidente, "foi um crescimento de vinte anos em seis".

Antes de oficializar a posse, Érika comentou que muitos resultados vão aparecer agora, como conseqüência do empreendorismo implantado. Houve um grande trabalho de identidade do setor na cidade, detectando falhas e necessidades, como também troca de informações entre os calçadistas. "O Programa Cultura da Cooperação, adotado há três anos, ensinou a conviver como concorrentes e parceiros", destacou a ex-presidente. Esta filosofia empresarial envolve três etapas: "Conviver para conhecer / Conhecer para confiar / Confiar para construir juntos."

Nesse processo de mudança, associados participaram de feiras de projeção internacional, em que o nome de Guaxupé sempre foi mais fortalecido do que a Associg. Viagens para obtenção de conhecimentos, cursos e palestras de aprimoramento profissional foram outros investimentos. Já o Fórum de Inspiração para Calçados e Artefatos, que acontece a cada semestre na cidade, antecipa tendências e informações utilizadas também pelos maiores produtores calçadistas do país.

"Entrego hoje, muito feliz, o cargo para o Paulinho", disse a ex-presidente, que se manterá na equipe diretora da Associação como Relações Públicas. De início, o administrador de empresas graduado e empresário Paulo Beltrão afirmou que já vinha se preparando para assumir esse cargo. "A Associg é minha vida, o meu empreendimento está nela". O primeiro desafio do novo presidente é continuar o programa recém-implantado pelo Centro Mineiro de Referência de Resíduos, e que conta com adesão de mais de cinquenta calçadistas. De acordo com representantes do Sebrae, Guaxupé é o primeiro município brasileiro a receber esse projeto-piloto de resíduos sólidos.

Outra prioridade definida por Paulo Beltrão é uma "fábrica-modelo" para qualificação profissional. Vai abranger funcionários do setor, com cursos de desenvolvimento técnico e comportamental, como também formação de mão-de-obra especializada. Poderá haver ainda cursos específicos para empresários calçadistas, com apresentação das mais avançadas tecnologias, novos padrões administrativos, marketing, entre outros temas. Paulo idealiza uma gestão que atenda desde o pequeno ao grande empresário, diminuindo também a informalidade nessa área e aumentando os atuais 25 associados.

O novo presidente ainda se propôs a ampliar o lado social da Associg com mais ofertas de lazer aos funcionários de empresas associadas. Clubes recreativos da cidade, que dispõem de infraestrutura esportiva poderão atender a essa necessidade. Em nome da Associg, Paulo Beltrão ainda assumiu o compromisso de participar ativamente do Polo da Moda, cedendo espaço para o pronunciamento do diretor de Desenvolvimento Mozart Faria.

Compromissos assumidos pela administração pública

Nessa solenidade de posse, o diretor de Desenvolvimento Mozart Faria também representou o prefeito Roberto Luciano. Em relação ao Polo da Moda, que é uma das prioridades do atual governo municipal, Mozart afirmou que o projeto está em adiantado, apesar dos processos burocráticos. Dos 150 lotes que serão construídos em etapas, a prefeitura já dispõe de recursos do Novo Somma Maq. para distribuir, possivelmente em maio deste ano, 30 lotes, com energia elétrica e sistema de água e esgoto.

Com a finalização da BR-146, ainda sem data definida, Mozart acredita que vai aumentar muito o trânsito na rodovia em que o Polo da Moda será visto. Por isso, é justificável a construção de um minishopping no local. Em relação à "fábrica-modelo", ou "escola calçadista", o diretor de Desenvolvimento também confirmou recursos para a aquisição dos primeiros maquinários.

O momento foi ainda oportuno para cobrar da Associg agilidade em relação ao destino de resíduos sólidos do setor, que é de responsabilidade de cada empresário. Em caráter provisório, a prefeitura está coletando e tornando disponível o aterro sanitário. "Mas isso está nos complicando. Estamos em situação irregular. Vamos acelerar essa parte", solicitou Mozart. Outro alerta foi em relação à pequena quantidade de calçadista associados em relação ao grande número de empresários dessa área na cidade. Quanto maior o número de associados, adiantou Mozart, mais recursos poderão federais e estaduais poderão ser obtidos.

Justas homenagens para quem fez história

Pela primeira vez, um dos fundadores do mercado calçadista em Guaxupé, Sadalla Saad, foi homenageado. Aos 8 anos, em 1935, começou a ajudar o pai Ibrahim Saad (conhecido por Abrão) e não parou mais: "Voltava correndo do grupo Barão de Guaxupé para trabalhar", ele diz. Em 1936, o pai vendeu o empório e comprou máquinas para fabricar calçados. "Foi a primeira indústria de calçados mecanizada do sul de Minas", afirma Sadalla. Inicialmente, um especialista de São Paulo operava as máquinas, mas o investimento era alto. Sadalla aprendeu o ofício e, aos 10 anos, ocupou o lugar do paulista: "Eu operava a ponteadeira e cortava solas no balancim", relata.

O segundo homenageado, que aprendeu o ofício com Sadala Saad, foi Hélio da Silva, que divulgou o sonho de que Guaxupé tenha uma cooperativa de calçadistas, tendo como referência a Cooxupé, que adquire produtos, distribui, exporta e faz divulgação internacional, responde por um grande turismo local de negócios, entre outros resultados positivos.

  • Érika discursando na transferencia do cargo de Presidente da Associg a Paulo Cesar Beltrão(Curtume Beltrão) Presidente eleito e empossado, ao seu lado Paulo Henrique Silva(Calçados Schoesntatt) Vice-Presidente Eleito.


  • Foto alguns membros da Diretoria Eleita e empossada
    Ex-Presidente Érika fazendo a leitura do termo de posse da Nova Diretoria.
    Da esquerda para a direita:
    Maurício Marques(Sarada & Sarada), João Prince(JVP Calçados), Natalina Pires(Speed Horse Calçados). Tiago Moraes(Calçados Pratinha), José Gonçalves(Minas Fort Calçados), Paulo Henrique Silva (Calçados Schoenstatt), Paulo Beltrão(Cutume Beltrão) , Érika Souza Oliveira Silva(Arpé Calçados)